Como escolhi a escola do Alvinho

Oi, gente!

O assunto do post de hoje é muito importante para mim: a educação do meu filho. Faz alguns meses que o Alvinho já vai para a escola, mas não foi nada fácil fazer a escolha da instituição que seria responsável por educar o meu pequeno. Imagina só! É muita responsabilidade…

O Ciao e eu fomos em diversas escolas por São Paulo, até finalmente encontrar uma que se adequa às nossas necessidades e exigências. Priorizamos alguns critérios: segundo idioma, sociabilidade, espaço físico e atenção dos funcionários para com as crianças.

Explicando melhor:

  • Segundo idioma: o inglês é fundamental hoje em dia, e quanto mais novo você começar a aprender, melhor.
  • Sociabilidade: o Alvinho não tem muitos amigos aqui no prédio e nem bebês da idade dele na família. Então, é muito importante para nós que ele tenha momentos de socialização na escolinha para brincar com os amigos, sempre em locais seguros e supervisionados.
  • Espaço físico: eu não queria nenhuma escola muito grande para ele não correr o risco de se perder lá dentro (fico aflita com isso). Ao mesmo tempo, parquinhos e ambientes de brincadeiras são essenciais.
  • Atenção dos funcionários: em todas as escolas que fomos visitar, perguntamos o número de crianças por sala de aula, bem como o número de professores e demais funcionários da escola.

Essas eram as nossas exigências e prioridades,e encontramos uma escola que caiu como uma luva em tudo o que queríamos para o nosso Binho! No vídeo, eu conto ca-da detalhe da escolinha dele, olha só:

Para as mamães e papais que me acompanham, quais foram os critérios de escolha de vocês? Me contem nos comentários! É sempre legal e importante trocar esse tipo de figurinha, né?

Aproveitem para me seguir no insta (@larissasiloto), sempre tem novidade por lá!

Beijos,

Lari

© Copyright – 2015 Larissa Siloto. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento: mufasa